Não me representam Pastor/Deputado Marco Feliciano é uma

Não me representam

Pastor/Deputado Marco Feliciano é uma figura que vem sendo o centro das atenções em muitas redes sociais por alegações segregacionistas e homofóbicas baseadas na bíblia, colocar alguém como ele na comissão de direitos humanos para muitos foi uma afronta e em resposta surgiu em um lugar mágico onde você pode protestar sem sair do Facebook, um lugar chamado internet.

Imagem

É o movimento “Não me representa”, diversas pessoas tem tirado fotografias segurando cartazes com esse dizeres, na maioria são homossexuais, negros e outras minorias que deveriam ser representadas por ele, manifestos tem sido feito também durante as seções da comissão exigindo a saída do deputado, e neste embate eis que surge outra figura na batalha : Jean Willis, deputado e ex participante do “BBB” vem fazendo oposição ferrenha contra Feliciano, e obvio ganhou apoio do publico.

Imagem

Só que não

Minha sincera opinião sobre o assunto é a seguinte:

Feliciano assim como Silas Malafaia tem usado o recurso do inimigo em comum para manter seu poder e influência, tal qual George Bush iniciou uma guerra sem fim contra terroristas, estes pastores iniciaram a guerra contra os gays, é obvio que isso é uma guerra sem fim afinal, ninguém vai deixar de ser gay apenas por alegações de pastores, essas pessoas vão se defender como já estão fazendo e sua defesa será mais combustível para as alegações infundadas como: “Gays não são naturais”, Deus Fez macho e fêmea, homosexualismo é pecado”, “Os gays vão destruir a família”.

Esse tipo de ladainha é tão idiota que nem sei como tem gente que dá crédito para isso, Ahhn não espera, sei sim, religião é claro, as pessoas não entendem ciência e acreditam naquela historinha de Adão e Eva, que leva a acreditar em outra historinha, que leva a dar credito a quase tudo que o lider religioso interpreta de seu livro sagrado como eu já falei neste post aqui. leia depois.

E para confrontar o mal: O cavaleiro da armadura arco íris: Jean Willis, sendo apoiado pela comunidade GLBT, seria bacana e talz mas…O deputado Willis está apenas fasendo a mesma coisa que seus opositores, firmando seu poder baseado em uma luta sem fim, não desmereço a causa dele, lutar por direitos e respeito, muito bonito, mas não é suficiente, nenhum dos dois lados me representa não por que eu seja ateu ou heterosexual, mas por minha visão de ideais.

Imagem

José Antonio Reguffe, um jovem deputado, proporcionalmente o mais votado do país, assim que assumiu seu mandato, renunciou de maneira irrevogável ao 14° e 15° salários, reduziu o numero de cargos de seu gabinete, reduziu o próprio salário, este homem para mim é a luz no fim do túnel, não me importo se vocês defendem Feliciano ou Willis, mas eu penso que um deputado ou pessoa qualquer que defende apenas um grupo da sociedade não deveria representar ninguém, os políticos devem tomas medidas e decisões que beneficiem a todos.

“Em dois anos de mandato, o que fez de mais importante?

É tanta luta… Citaria meu projeto e a batalha para retirar os impostos dos remédios. No Brasil, 35,7% do preço de um remédio é composto apenas de impostos. Na Inglaterra, no Canadá e na Colômbia não se cobra tributos sobre medicamentos. Fui também relator do PL 3998/12, aprovando meu parecer que obriga os planos de saúde a terem que arcar com a quimioterapia oral. Outra coisa, as emendas ao orçamento, enquanto muitos colocam esse dinheiro em shows e eventos, as minhas destinei para a compra de remédios para os hospitais públicos, para a construção de escolas em tempo integral.”

Analizem as ações e lutas de seus candidatos e verifiquem se ele realmente te representa, José Antonio Reguffe, Não desista.

26/04/2013

Pablo Victor Arceles tem a certeza que Reguffe o representa.

Anúncios

PAUTA FRIA, MANIACO E PORTUGEIZ MAU DIZIDO

Pauta fria, Maníaco e Portugeiz mau dizido

 

Olá você sabe o que é Zoocriptologia? Não? Mula. Eu explico, é o estudo de animais míticos, como o Pé-Grande, Sereias, Chupacabras, esse tipo de coisa, não é um ramo que leva muita fé da ciência e muitos que estudam isso são ridicularizados, apesar de que através da zoocriptologia já foram descobertos algumas espécies que se acreditavam estar extintas, mas o que mais chama a atenção é o estudo de criaturas míticas, como o mostro de LochNess, na Escócia, a alguns anos divulgaram uma foto do que seria o tal monstro, a foto não era montagem e causou um rebuliço tal grande que os participantes de uma prova de ciclismo se recusaram a correr porque o circuito da prova passava ao redor do lago e eles temiam um ataque, a foto é claro é só um vulto e pode parecer qualquer coisa, e fala sério, essa lenda tem séculos e mesmo que fosse verdade o bicho já estaria morto.

Bom, eu não tinha nada pra escrever então comecei com uma pauta fria e as idéis foram surgindo, a alguns dias no Mato Grosso do Sul fugiu um doidão conhecido como “maníaco da cruz”, o cara com 16 anos matou 3 pessoas e colocava os corpos em forma de cruz, pois bem, o maluco foi preso com 16 anos e graças e nossa belíssima lei brasileira ele não pôde ficar mais do que 3 anos em regime fechado mas como o cara é doido de pedra, foi enviado para uma clinica psiquiátrica onde passaria o resto de seus infames dias, passaria do verbo “fugiu”, o rapaz agora com 21 anos escapou e segundo a policia teria buscado refugio no Paraguai. E daí? vocês perguntam, bem, graças a maravilha que é o Facebook, andaram espalhando que o malando estaria aqui em Toledo/PR, eu que nem saio do lugar pra trabalhar já escutei, que alguém comentou, que uma pessoa falou, que ouviu dizer de “fonte segura” que o cara realmente estaria aqui, só que já falaram três lugares diferentes em que ele estaria escondido, meu fala sério, esse povo não pensa? Se o desgraçado estivesse aqui, por que ninguém teve a idéia de ligar pra policia dizendo: SOCORRO, SOCORRO, TEM UM MALUCO AQUI E ELE FALOU QUE VAI ME MATA, ELE TA ME SEGUINDO AHHHHHHHHH.

Não, ninguém faz isso, por que ninguém o viu, porque e essa hora o cara já deve ter aprendido a falar castelhano, é inacreditável que as pessoas tomam o Facebook como verdade e nem sequer vão atrás de outras fontes de informação to até pensando em montar um esquema pirâmide no FB pra depositarem dinheiro na minha conta, acho que consigo uma boa grana né?.

Bem tenho um noticia boa para vocês leitores, minha terrível ortografia agora tem uma editora, uma professora que trabalha aqui está lendo e corrigindo as grotesquidades lingüísticas da minha grafia, não vou colocar o nome dela, vou pedir permissão primeiro, então, vou corrigir os textos antigos e daqui pra frente não haverão mais erros, e mesmo que tivessem não estou ganhando nada com isso e vocês não tem do que reclamar.

O dia em que andando de moto entrou um “CISCO NO OLHO”

Cisco no olho

Olá pessoas, estou neste momento escrevendo para vocês com um cisco no olho esquerdo, que já está lá a uns quatro dias e eu estou começando a me incomodar com isso, acho que vou consultar um zóista pra ver essa parada.

Imagem

Isso é mais ou menos o que ele é, mas na borda da iris.

Imagem

Mas é isto que eu estou sentindo.

Problemas a parte,ontem eu fiz uma coisa muito legal, mas para que todos entendam o contexto vamos a um breve prólogo dos acontecimentos.

Uma tia da minha digníssima esposa pediu para que ela fosse até sua casa fazer um tal de alisamento em suas madeixas, o problema é que ela mora em uma cidade vizinha, é aqui do lado, mas como não dá pra levar as crias junto tivemos que pedir ajuda das vovós, e eu fui leva la de moto, a cidade é de interior, veja bem, eu moro em uma cidade no oeste do Paraná onde atualmente não contamos nem com 150 mil habitantes, nós chamamos essa cidade de interior, então calcule o nível do negócio.

Pois bem, levei ela na cidadezinha de duas marchas de moto, e decidi por vontade própria de minha esposa que eu ficaria lá esperando ela terminar o tal tratamento, que por sinal demora para caraleo, torno de umas 5 à 6 horas mais ou menos, é um tal de lava, passa produto, lava, passa de novo, aliza, lava de novo, etc, etc, etc, aliás, não sei como essas mulheres se propõem de livre e espontânea vontade a fazer esses tratamentos químicos, por que pra fazer a parada a digníssima usa luvas, óculos e máscara, se fosse comigo eu pensaria duas vezes antes de começar, é como se você fosse fazer aulas de pilotagem de avião e o professor estivesse usando para – quedas, você não consegue botar fé na parada, bem, depois de umas cinco horas e algumas lagrimas de sangue ela terminou, e era de tardezinha já.

Aí é vem a parte bacana, a digníssima me pediu pra ir por outro caminho, de estrada de chão, porque ela queria ver o sítio onde passou a infância, e para lá seguimos, a estrada era bem mais ou menos com muita pedra solta o que deu um certo trabalho, mas nada de terrível, afinal “eu sô motoquero porra”, quando chegamos no tal sítio foi uma certa decepção, não pra mim é claro, afinal eu nunca tinha ido lá, mas a digníssima ficou bem triste, o sítio não estava bem cuidado, os novos donos deixaram o mato crescer bastante e quase não se via as casas da distância de onde estávamos, circundamos a propriedade e ela foi me apontando lugares onde antes existiam açudes, pomares, pasto para gado, aviário e agora só residiam ervas daninhas e mato alto o que é uma grande pena.

Passado isso resolvemos continuar pela estrada de terra e ver aonde ia dar, meu amigo, começamos a descer uma pirambera de pedra solta que eu achei que a gente ia sair da estrada cair com moto e tudo se arrebentar e morrer lentamente esperando por socorro em uma estrada deserta, mas respirei fundo e pensei “eu sô motoquero porra” e fui em frente, passado o primeiro desafio em declive tivemos um agradável passeio pela paisagem rural, relaxando e curtindo o tempo a sós, até que veio o segundo desafio, subida com pedra solta, mais uma vez meu espírito de motoquero me empurrou e devagar e sempre desviando das crateras no meio da estrada conseguimos passar adiante, o legal é que em cada bifurcação da estrada eu parava e pedia pra digníssima, “vam pra direita ou esquerda?” “vam pra cima ou pra baixo?” e seguindo assim completamente sem rumo, hora ela tendo que descer da moto pra passar por um decida muito ingrime, hora entrando por uma estradinha escondida no meio do mato passamos cerca de 1 hora passeando completamente sem rumo, o mais bacana é que eu nem estava preocupado se a gente ia achar o rumo do asfalto de novo, simplesmente escolhíamos um lado e aproveitamos a paisagem.

Mas enfim, encontramos o rio negro que nos guiou até a civilização.

03/12/2012

Update dia 05/12/2012

Então né galera, fui no zóista e ele me tirou o maldito bicho do olho, e nem acreditei quando ele me mostrou, precisei de uma lupa pra poder ver, era o pedaço de uma asa do inseto, a sensação era que tinha uma pedra no meu olho, mas pra tirar ele de lá é que foi o brabo, o prestigioso profissional ocular pingou um anestésico no meu olho e com uma haste de metal com a ponta muito fina, e literalmente tirou um pedacinho do meu olho, pelo menos o bicho saiu, agora é só usar um pomada e passar colírio por três dias e tudo de boa.

Agora o babaca aqui aprendeu a lição e não vai andar de moto com a viseira aberta, o zóista ficou impressionado com a resistência das minhas defesas corporais pois eu fiquei com aquela porra no olho por cinco dias no olho e não houve nenhum tipo de inflamação, quando ele me falou isso tive um misto de sensações, por um lado fiquei contente de ter um corpo saudável, por outro lado eu podia ter perdido a visão de um olho, três tipo de medo me deu quando eu soube isso.

Já estava quase me esquecendo de comentar, fiquei muito mais confiante no meu Oftalmologista, depois que vi em cima de sua mesa um belíssimo exemplar do segundo volume de “Game of Trones”, afinal se ele é um apreciador de boa leitura com toda certeza deve ser um bom profissional.

Pablo Victor Arceles agora consegue dormir em paz

Mais revezes da minha vida “POP´S RATO DE LABORATÓRIO E CABELO”

POP´s Rato de Laboratório e Cabelo

          Fala gente boa, acabei de almoçar e estou redondo, almocei no POPs, estou a pé novamente por uns dias e não posso ir pra casa almoçar minha sorte é o POPs, POP´s é o apelido carinhoso que colocamos nos restaurantes populares da nossa cidade, eu adoro comer lá, é barato, gostoso, barato, preparado por nutricionistas, barato, higiênico, já mencionei que é barato? Com meros R$1,50 você tem uma refeição balanceada e bem preparada, a nossa cidade é referência no que se trata de POP´s é a única do Brasil que conta com 5 restaurantes e uma gigantesca cozinha social que prepara os alimentos e distribui nos 5 pontos da cidade; falando em comida tenho uma boa noticia pra mim é claro, consegui chagar aos 56 quilos, finalmente hehehe, não vai zuando não, sempre tive um chassi de grilo pesando 54, 55 no pau brabo, pra você terem uma idéia da humilhação, aqui na cidade tem uma grande fabrica de remédios genéricos, e eles contam com um setor que produz e testa novos medicamentos, e sempre precisam de voluntários, fui até lá e fiz o cadastro, a moça da recepção me fez um moooonte de perguntas, tipo; fumante? Pratica esporte? Bebe? É alérgico? Religião? Foi até bacana ver a reação das pessoas em volta quando me ouviram dizer: Ateu.

Resultado: REJEITADO, parece que meu índice de massa corpórea é baixo de mais e com meu peso corro o risco de ficar anêmico devido aos exames, da hora a vida, sou tão inútil que sou rejeitado até pra rato de laboratório, tento ajudar no avanço cientifico e sou rejeitado.

A digníssima está agora em um curso de cabeleireiro e como é de praxe de uma mulher, gastando rios de dinheiro, só em escova pra cabelo mais de R$200,00 duas pranchas de alisar cabelo, secador, até uma cabeça com cabelo natural precisa ter, eu achando um absurdo 60 pila em exame de graduação de faixa, espero que tenha retorno, afinal, tudo que mulher vai fazer em salão de beleza demora mais de duas horas, custa mais de 150 Dilmas e usam produtos que poderíamos exterminar com qualquer praga doméstica, por exemplo: Formol, todo produto para alisar cabelos leva formol, ou em pouca quantidade ou usam outro produto químico com os mesmos agente ativos, o que não diminui o risco.

Eu se alembro de uma vez em que fui levar a minha digníssima para uma festa de gala da empresa, mas ela estava grávida da nossa primeira filha e não poderia fazer o tão sonhado alisamento, mas eis que a cabeleireira veio com uma solução: Escova Chocolate, que não tem formol. (tem formol e não tem chocolate) Felizmente nada aconteceu, mas poderia graças a irresponsabilidade de uma “ profissional”; mas tudo beleza, o legal foi na noite seguinte em que estávamos indo para o colégio (ainda estudávamos e íamos pra escola juntinhos) e no meio do caminho começou a chuviscar e a água corta o afeito do produto.

“Moooor, ai meu cabelo”

“Ai meu dinheiro”

Mais que depressa tirei meu casaco e coloquei na cabeça dela, afinal eu não permitiria que um tratamento caro se desfizesse por causa de uma garoinha né? Dinheiro não dá em arvore não.

10/04/2013 Pablo Victor Arceles vai tentar ser cobaia novamente quando chegar aos 58Kg